31/12/2013

O ano de 2013 by Fiona

Os finais de cada ano são sempre sinónimo de passar em revista o que se fez nos últimos 365 dias e delinear os objectivos, desejos e sonhos para os seguintes 365 dias. No início deste ano que hoje termina tinha escolhido um determinado objectivo em termos de corrida que, devido a uma lesão no início do ano e outra no final, infelizmente não foi atingido. Tinha definido correr 1000 km este ano mas essa marca terá de ficar para o próximo. No total, entre treinos e provas, totalizei 665 km este ano, participação em 27 provas e o saldo que faço é bastante positivo.

O ano de 2013 traduziu-se na minha estreia a três níveis: 

- Na distância da meia maratona, com a estreia ser feita a 28 de Abril, na Meia Maratona de Almada. Esta estreia foi feita um pouco ao acaso. Decidi no próprio dia e já durante a prova que me iria arriscar na distância dos 21 km. Ou seja, não houve treino específico para esta distância nos dias que antecederam a prova mas consegui concluir a prova com um sorriso nos lábios, com vontade de fazer mais quilómetros e tendo percorrido a distância num tempo de 2h13'32''. Nada mau para uma estreia! Seguiram-se outras duas meias maratonas ainda este ano: a de Setúbal (Maio) e a Meia Maratona Rock and Roll em Lisboa (Outubro)

- Nas corridas em trilhos. Esta estreia foi feita em Monsanto, a 6 de Julho (o dia mais quente do ano, lembram-se disso?) nos 19 km Corredor Verde integrados na Lisbon Eco Marathon. Na verdade, estes 19 km traduziram-se em cerca de 22 km devido a alguns percalços no percurso. Esta foi uma prova feita em trio juntamente com o bluesboy e a Run Baby Run, o que veio provar que as amizades e as cumplicidades que se ganham no mundo da corrida podem servir para tornar uma prova mais complicada mas fácil de fazer e para mostrar que os obstáculos estão para serem ultrapassados com sucesso. Esta foi, provavelmente, uma das provas mais complicadas para mim no ano de 2013. Foi esta a que colocou à prova a minha força psicológica de uma forma completamente diferente... E o que é certo é que a força de vontade está lá e que posso mover montanhas com ela. Foi uma prova de aprendizagens e que quero, sem dúvida, repetir em 2014.

- Foi em 2013 que me aventurei, pela primeira vez, em jornadas duplas de provas. Ou seja, aproveitei um fim-de-semana para participar em duas provas. A primeira jornada dupla ocorreu em Maio, com a participação na 2ª etapa do BES Challeng3 (10km, Sintra, 18 de Maio) e nos Trilhos d'Almada (13,7 km, Almada, 19 de Maio). A segunda jornada dupla ocorreu em Junho com a Marginal à Noite (8 km, Oeiras, 15 de Junho) e a 1ª Corrida dos Pupilos do Exército (10 km, Monsanto, 16 de Junho). Para finalizar, a terceira jornada dupla ocorreu em Outubro, desta feita com a participação em corridas solidárias: a Corrida TSF Runners (10 km, Lisboa, 26 de Outubro) e a 1ª Corrida do Montepio (10 km, Lisboa, 27 de Outubro).

2013 fica também marcado no calendário como o primeiro ano em que consegui correr os 10 km abaixo da marca dos 60 minutos. Diversas foram as provas em que consegui este feito, sendo de salientar a 3ª etapa do BES Challeng3, corrida em Lisboa, em que detenho o meu melhor tempo para os 10 km: 55'58''.

Fazendo esta retrospectiva, posso dizer que se tratou de um ano feliz em matéria de corridas. Apesar das duas lesões que me afectaram este ano (e que, da segunda, ainda não estou totalmente recuperada) consegui concretizar uma série de objectivos, partilhar a minha paixão com muitos outros corredores desta blogosfera e comprovar que o mundo da corrida nos torna pessoas mais despertas e mais conscientes das nossas capacidades e de nós próprios bem como de quem nos rodeia.


Os meus desejos para 2014...

Poder continuar a desfrutar desta paixão que se tem vindo a tornar cada vez mais sólida com o passar dos anos e partilhar convosco, aqui no blog, os momentos e as aprendizagens.

Continuar a participar naquelas provas de que mais gosto, aquelas pelas quais tenho mais carinho e as novas que forem aparecendo.

Participar em provas que tenham um carácter solidário pois não existe melhor forma de ajudarmos os outros do que fazendo uma das coisas que mais gostamos.

E concretizar um sonho que tenho escondido... E que vai continuar escondido por mais algum tempo... Wish me luck!!!

Desejo-vos um excelente ano de 2014 e espero que seja recheado de muito e boas conquistas, seja no mundo pessoal, profissional ou da corrida. O que importa é sermos felizes e o mais autênticos possível para que o sorriso que mostramos todos os dias ao mundo seja o mais brilhante possível!!

Boas provas, bons treinos e tudo de bom!

Fiona

4 comentários:

  1. Good luck! ;)
    E um 2014 cheio de força e sem lesões, que é o mais importante.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada e desejo-te o mesmo... Que 2014 seja um ano cheio de bons acontecimentos e sem lesões! :) Beijinhos

      Eliminar
  2. Que esse sonho escondido se torne realidade, Fiona. Continua sempre a lutar pelos teus sonhos!

    Beijinhos e um EXCELENTE 2014 :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo apoio, João! Grande beijinho :)

      Eliminar